Saúde

Como aprender a meditação? – Confira 5 passos e dicas essenciais!

Como aprender a meditação?

Como aprender a meditação? Como funciona a terapia dos aromas? Essa técnica nos permite um momento de calma e relaxamento profundo, isto é, iremos aprender 5 passos de como fazer uma meditação correta focando em postura, atenção e técnicas profissionais. As recompensas por fazer meditação são inúmeras como redução de insônia, ansiedade e estresse.

Praticar a meditação em locais reservados para isso sempre será mais fácil e descomplicado, um instrutor ajuda muito na questão de auxiliar essa prática, mas pode ser feito também em locais como em casa ou o trabalho mesmo, até duas vezes no dia e durante 20 minutos e agora vamos para o passo a passo. Leia conosco e veja como aprender a meditação, vamos lá!

Como aprender a meditação?

1. Separe um tempo

Deixe pelo menos 20 minutos do seu dia reservado para esse relaxamento, se for ao acordar ajudará a passar o dia de forma mais tranquila, com mais foco e sem tanta ansiedade, ou em meio do dia para descansar do trabalho até ali ou antes de dormir para de acalmar e pegar no sono mais fácil.

Momentos de 20 a 25 minutos são suficientes para que a meditação gere benefícios para o corpo e a mente, chegando na tranquilidade e alcançando o foco desejado.

2. Local apropriado

Achar um lugar calmo é principalmente essencial para que você não seja interrompido no seu momento de meditação, caso ocorra uma interrupção você provavelmente perderá o foco e terá que iniciar todo o processo e caso não tenha muito tempo para a atividade uma interrupção fará você perder mais tempo ainda. Um lugar no jardim ou dentro do carro é o suficiente para que você consiga obter os resultados necessários.

3. Ajustar a postura

Existe sim uma postura indicada para fazer a meditação, segundo as técnicas orientais é a famosa postura de lótus que a pessoa fica sentada com as pernas cruzadas e a coluna ereta.

Porém, essa posição não é obrigatória na meditação, é permitido ficar sentado ou deitado também, inclusive sentado em um banco, o importante é estar com a coluna reta e o pescoço alinhado.

Encontre um lugar para servir de apoio para as mãos, com as palmas para cima ou para baixo e de olhos fechados.

4. Controle da respiração

Existe uma importância grande em cuidar da respiração, esse é um dos principais pontos para uma meditação de sucesso. Você precisa fazer uma longa inspiração, puxando todo ar que conseguir utilizando a barriga e após isso uma expiração lenta.

No começo pode ser complicado controlar a respiração, mas a prática irá te ajudar a ficar profissional, não se esqueça de estar sempre confortável sem se forçar a conseguir nada para que a atividade não se torne um peso e uma prática desagradavel.

Na hora da inspiração conte até 4, para expirar faça o mesmo, com o tempo nem precisará mais dessa técnica, mas usa no início.

5. Prestar atenção

Em meditações tradicionais é preciso que você foque em algo para manter a atenção, geralmente é usado um som, uma palavra ou frase que é repetida várias vezes para exercer uma função específica na sua mente e auxiliar na concentração para meditar.

Precisa ser dito ou apenas pensado pela pessoa que está praticando naquele momento, existe uma preferência de que seja um mantra budista ensinado por um professor de maneira correta, existem mantras super conhecidos que são responsáveis por trazer mais paz interior no momento da meditação.

Outros tipos de foco são a sua própria respiração, um vento leve passando por você, uma melodia leve em uma altura baixa e que de preferência esteja em um modo que toque constantemente por vários minutos e não mude para outra. Um foco também pode ser seus objetivos, um desejo que você tenha, isso também ajudará a atraí-lo para você.

Uma coisa comum é surgir milhares de pensamentos no momento da meditação, nessa hora não se deve tentar tirá-los de sua mente, apenas os deixe vir e sair de forma espontânea. Depois de algum tempo praticando a meditação ficará mais fácil não ter esses pensamentos e se concentrar de maneira mais rápida.

Benefícios de aprender a meditar

Com certeza são inúmeros benefícios que a meditação traz, se adotado como prática diária você perceberá as mudanças de forma mais rápida e muito mais clara. Todo seu esforço em manter uma rotina com a meditação trará benefícios como a diminuição dos sintomas de depressão, claro que isso não dispensa seu tratamento com medicamentos e orientação médica.

Melhora no foco de estudos e também do trabalho, ajuda nos distúrbios alimentares obsessivos-compulsivos e controle da diminuição da insônia. Crie uma rotina se possível e mesmo que não pratique todos os dias no mesmo horário o faça, com certeza os benefícios valerão a pena após uma rotina encaminhada, não esqueça que após um tempo tudo vira um hábito.

Esse foi nosso artigo sobre meditação, esperamos que tenha gostado e não deixe de conferir outros artigos no nosso site, até a próxima!

Melhor artigo sobre ambulância

Gabriel Araujo

Benefícios dos Óleos Essenciais para Saúde

Reinaldo Oliveira

Óleo Essencial de Lavanda e seus Benefícios

Leila Cavalcanti